Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Sal e Pimenta

Não é um blog de culinária...

Sal e Pimenta

Não é um blog de culinária...

Vem aí o ecoponto castanho

Na realidade este ecoponto já existe em Portugal, mas apenas em alguns locais, no entanto vai ser por assim dizer disseminado por todo o lado.

 

E para que serve este novo Ecoponto? Serve para colocarmos lá todo o nosso lixo orgânico, que de seguida vai ser transformado em composto e depois vendido. E neste processo de compostagem, também será produzida energia que também ela vai ser vendida.

 

Isto dito desta forma, até parece que o nosso lixo vale dinheiro. Mas de facto pode-se diminuir muito o desperdício com este novo ecoponto. Talvez diminuir não seja o termo correcto. O mais correcto será dizer que em vez de o nosso lixo orgânico ir para aterros, passa a servir para fertilizar terras. E existindo menos aterros também diminui o dinheiro gasto com eles e melhora em muito o ambiente.

 

E o que é o Lixo Orgânico? São todos os resíduos de origem orgânica, como restos de alimentos orgânicos (carnes, vegetais, frutos, cascas de ovos), papel, madeira, ossos, sementes, etc.

 

Eu gosto desta ideia, porque vivo num apertamento muito pequeno e ainda tentei fazer compostagem na varanda, mas sem sucesso.

 

Há muitas pessoas que já fazem compostagem para adubo das suas hortas e jardins há muitos e longos anos, e outras que nos últimos tempos também começaram a fazer. É como regressar às origens.

 

Vamos ver o que lá vai aparecer dentro desses caixotes. Não é para colocar tudo o que não tiver origem orgânica. Espero que haja uma boa campanha a explicar, para não colocarem lá dentro sofás...estou a brincar...até porque não cabiam....mas é só para exagerar. 

 

compost-709020_1920.jpg

 

1 comentário

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.