Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Sal e Pimenta

Não é um blog de culinária...

Sal e Pimenta

Não é um blog de culinária...

desafio de escrita dos pássaros #13

Para esta semana, o tema é:

Reescreve o final dum filme

e dando continuação ao desafio anterior

A campainha toca, vou à porta a rezingar e quando abro, não quero acreditar no que vejo e só penso:

Isto não me está a acontecer...

Abro a porta e tenho o Pedro à minha frente e digo-lhe:

- Também tu? Agora também fazes parte deste bando de aves raras?

- Não, foi só uma semana, não te enerves. Eu vim aqui por outro motivo.

- Então?

- Precisamos de organizar uma festa de boas vindas a uma nova moradora que recebeu aqui uma casa como herança. Aceitas ajudar?

- Claro que sim, o que queres que faça?

- Peço que emprestes o teu terreno e que consigas montar lá uma tenda para juntarmos todos os vizinhos que fazem parte do desafio.

- Certo, aceito, mas quando é a festa?

- Já na próxima 6ª Feira dia 06 de Dezembro

- Sem problema. Conta comigo.

Ele saiu e comecei a imaginar como ia fazer a tenda, e tive uma ideia brilhante. 

No dia da festa, os pássaros do desafio estavam todos animados, a comer a beber e a colocar a conversa em dia. 

Havia todo o tipo de comida bem portuguesa, onde o Bacalhau não podia faltar numa mesa tão portuguesa e até havia comida vegetariana para alguns dos convivas.

Quando a noite chegou, já todos dançavam verdadeiramente animados, talvez com a ajuda do bom vinho português.

Era quase meia noite e a festa estava ao rubro. Estava a chegar a hora da minha deixa. Sai disfarçadamente da tenda e fechei uma porta que ninguém percebeu. 

Faço cair a lona e ouve-se um silêncio repentino por parte dos pássaros.

Sim, estavam fechados, numa Gaiola Dourada...

Eles pediram para sair...

Eu disse com a chave na mão:

- Vou pensar no vosso caso...

- Mas queremos sair, ainda vais para junto do Hitler, com essa malvadez...

- Pois, Problemas só problemas, mas têm um frigorífico e era bem pior se tivessem acordado numa praia deserta sem memória e completamente nus

- Só falta dizeres que isto é um estalo por amor...

- Nada disso, apenas quero que tenham um momento que possam recordar e quem sabe um dia escrever sobre esta aventura

- E então até lá? Vendemos doce de Abobora?

- Ficam à espera, e podem escrever uma carta à criança que já foram, e fazem a vossa lista de Natal.

- A Beatriz já disse que não. E alem disso como é que já chegámos?

- Onde? 

- A este ponto de loucura?

- Porque não perguntam ao vosso animal de estimação?

Lady não queria acreditar naquilo que estava a acontecer e olhou para mim e perguntou:

- E agora?

- Vou ver um filme, depois decido

E cantarolava: É uma casa portuguesa com certeza....

 

 

Até para a semana.

Para quem não entendeu nada, veja os posts anteriores:

Tema 1

Tema 2

Tema 3

Tema 4

Tema 5

Tema 6

Tema 7

Tema 8

Tema 9

Tema 10

Tema 11

Tema 12

1 comentário

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.